sábado, 3 de maio de 2014

Dead

''Desculpem pelo sangue, eu cortei meus pulsos e pescoço. A intenção era morrer na mata para que eu demorasse alguns dias para ser encontrado. Eu pertenço aos bosques. Ninguém vai entender a razão pelo qual eu fiz isso. Talvez eu não seja um ser humano, isso é apenas um sonho e que em breve despertarei. Se eu não conseguir morrer à faca, vou explodir todo o meu crânio. No entanto eu não sei. Deixarei todas as minhas letras de músicas e o meu dinheiro. Quem achar que fique com esta porra toda. Como a última escolha, me apresento a ''vida eterna.''

Nenhum comentário:

Postar um comentário