quinta-feira, 22 de maio de 2014

Behemoth: Deportados pelo tribunal têm 15 dias para abandonar a Rússia


Os músicos do Behemoth foram mesmo deportados de volta para a Polónia. A banda terá que pagar 2.000 rublos (43 euros) por pessoa e foi estipulado um prazo de 15 dias para que a banda recorra da decisão ou saia do país, como definido por um tribunal de Yekaterinburg nos Urais.
Oito membros da banda e da equipa de digressão foram detidos ontem, pelos serviços de imigração devido a alegados problemas com os vistos. As autoridades russas explicaram que os músicos não possuíam o"visto cultural" que dá direito a realizar shows na Rússia, mas apenas um "visto para negócios".
Os órgãos de informação russos, pró-governamentais, procuram salvaguardar a todo o custo a posição russa, mas os relatos sobre as condições de detenção da banda são bastante negros:
A banda polaca terá sido forçada a passar a noite numa cela da polícia em Yekaterinburg, nos Urais, como anuncia agência ITAR -TASS .
" Os membros do grupo passaram a noite sob custódia. Eles estão agora a caminho do tribunal. Os rapazes estão muito cansados e esgotados, sem saber se serão capazes de tocar no show, em Moscou, no dia 25 de maio. A decisão depende do tribunal (…).”
Entretanto, a banda queixou-se de que as tentativas de contactar o consulado polaco saíram frustradas. As condições sanitárias seriam deploráveis “com as paredes pintadas com excrementos” e foram proibidos de usar as casas de banho.
Ainda não há noticia de qualquer decisão da banda acerca da possibilidade de tocarem ou não em shows, durante os 15 dias que ainda têm para permanecer na Rússia. Mais informações aqui.


Fonte: Rockn'Heavy 

Nenhum comentário:

Postar um comentário